Com dificuldades em trabalhar remotamente? Nós ajudamos!
sente dificuldade e precisa de ajuda?

Trabalho Remoto

Já se passaram mais de 6 anos. O tempo passa rápido demais!

Após muitos altos e baixos e uma adaptação que me levou quase um ano e meio, consegui encontrar algumas estratégias para me sentir confortável trabalhando em casa sem afetar tanto o ritmo de trabalho quanto o bem-estar nos momentos de relaxamento.

O certo é que neste país quem se aventura a abrir um negócio, principalmente depois de perder o pouco que tinha e estar endividado, digamos que é um desafio a nível “hardcore”! Mas essa história já foi contada na primeira publicação “Olá, mundo!” no nosso blog, então não vou voltar lá.

Indo para o que realmente importa aqui, o “bicho-papão” do teletrabalho.

Começo falando sobre um pequeno estudo feito recentemente por Worx sobre o impacto do COVID-19 para aqueles que trabalhavam em escritórios e agora eram forçados a trabalhar em casa. São dados muito curiosos que até me surpreenderam, agora vamos ver alguns:

  • 89,4% considera que os funcionários estão motivados
  • 86,4% veem o teletrabalho como uma tendência futura
  • 83,3% consideram que o teletrabalho mantém a produtividade da empresa
  • 36,4% chegam a dizer que vão repensar o espaço físico da empresa

São dados muito interessantes que parecem finalmente marcar a viragem de algo que, a meu ver, já está chegando tarde.

Nós da MAIDOT nos juntamos à equipe e fizemos um brainstorm sobre esse assunto, à nossa maneira.

Com isso quero dizer que falamos por videoconferência, cada um de casa, como temos feito há vários anos claramente com resultados positivos.

Dessa troca de ideias surgiram algumas que agora aproveito para compartilhar, na perspectiva de tentar ajudar aqueles que agora são obrigados a trabalhar em casa e, principalmente, para aqueles que nunca tiveram. Então, aqui estão algumas dicas:

1. Tenha seu próprio espaço

Este é o ponto que coloco em primeiro lugar porque é, na minha opinião, o mais importante! É fundamental encontrar um local em casa onde você tenha seus notebooks, arquivos, computadores, etc. O ideal é ter um local fora de casa que seja o escritório / área de trabalho.

Um anexo ou algo assim. No entanto, nem todo mundo tem essa sorte, então se você tiver a chance de fazer de um quarto da sua casa seu escritório, é bom o suficiente. Se nada disso for possível no seu caso (como aconteceu comigo no início da empresa), existe a opção de encontrar um “canto” em casa que seja o “local de trabalho”.

No meu caso, quando comecei a empresa, morava em um apartamento T1 com minha esposa (namorada na época). Ele aproveitou uma das pontas da mesa da sala para guardar seu laptop e alguns papéis, devidamente organizados, que no final da jornada sempre arranjava para “fechar aquela área”.

Ou seja, é uma questão puramente psicológica. Também tentei evitar estar naquela área fora do trabalho. Embora tenha sido difícil inicialmente porque diante de tudo o que acontecia, trabalhava em média de 14 a 16h por dia, 7 dias por semana.

2. Estabeleça o seu horário de trabalho

Sempre que possível, você deve definir seu horário de trabalho para que possa combiná-lo com todo o resto.

Por exemplo, quem tem que realmente cumprir determinado horário porque, por exemplo, tem que atender ou fazer ligações, nesse caso não há flexibilidade. Mas para quem tem a possibilidade de escolher o seu horário de trabalho, deve combinar com o resto da família, para poderem ter tempo para estarem juntos.

Estabelecer um horário também é importante para não se tornar um “workaholic”, que para quem trabalha em casa e, principalmente, para quem gosta do que faz, corre sério risco de cair neste erro. Mas é igualmente importante para quem não gosta do que faz, pois evita ter que arrastar o seu trabalho porque está a procrastinar, sabendo que tem esse tempo de trabalho para cumprir as tarefas e não mais que esse tempo.

3. Pijamas são apenas para dormir

Há quem, estando em casa, tenha o hábito de sempre usar pijama. Isso não é problema, quer estejamos de férias, de feriado ou ao fim-de-semana. Eu pessoalmente não gosto, então me levanto a primeira coisa é me vestir. Mas tem muita gente que gosta de usar pijama em casa.

Este é um risco porque é algo que associamos psicologicamente ao repouso. Ficar de pijama e ir trabalhar é um ponto negativo, pois significa que estamos misturando laser com trabalho, que tendem a prejudicar os momentos de relaxamento por não termos algo para desligar.

4. Mantenha a geladeira sob controle

Isso serve para os dois lados: não comer demais, mas também não esquecer de comer. Este segundo pode ser incomum, mas também se aplica. É importante que aqui, neste sentido, haja uma grande dose de autodisciplina. Seja para quem tem apetite ou não, a solução será a mesma para os dois casos.

Crie uma lista e horários para saber o que você pode comer e a que horas. Isso ajudará não apenas a estar ciente do que você come, mas também quando e em que quantidades. Dessa forma será muito mais fácil ter uma alimentação saudável, com o corpo devidamente regulado, comendo sempre na hora certa e várias vezes ao dia.

É importante ter sempre água para beber ao longo do dia.

5. Lembre-se de se levantar

Esta é outra regra prática! Para quem trabalha em casa ou exerce qualquer outra profissão que requeira estar sentado por muito tempo. Enquanto somos jovens, nada disso importa, pois não dói nada e nem pensamos nas consequências a longo prazo.

Mas a verdade é que com o passar dos anos a coluna se deteriorou e a posição sentada não é a ideal e mais tarde, se não fizermos nada, você terá grandes chances de ter sérios problemas correndo um sério risco de ter que recorrer à cirurgia por o tratamento e alívio da dor.

Mas não só a coluna vertebral, também várias articulações do corpo como nos pulsos, joelhos, etc. Basicamente, é importante que a cada 40/50 minutos de trabalho, relaxemos em pé por pelo menos 5 minutos. É uma disciplina que, como qualquer outra, quando nos habituamos a fazer automaticamente.

6. Faça exercício

Neste período em que lançamos este artigo, em plena pandemia de COVID-19, naturalmente este ponto não pode significar sair de casa devido ao isolamento social que temos de fazer, para o bem comum de todos nós.

No entanto, simplesmente não fazemos exercícios em casa se não quisermos. Hoje em dia não há desculpa para não fazer exercícios em casa. Existem muitos canais no YouTube que dão dicas excelentes e também páginas de ginástica no Facebook e Instagram que dão algumas dicas.

Criar uma regra para treinar pelo menos duas vezes por semana ajuda a energizar seu corpo e mente. Sim, porque ao contrário do que muitas pessoas pensam, quem pratica exercício tem mais energia do que quem não pratica.

Uma dica para quem fica o dia todo sentado e criou, por isso, uma postura ruim, é praticar pilates. Ajuda a corrigir a postura e a criar flexibilidade, que se perde para quem passa muito tempo agarrado à cadeira.

7. Enquadre seus filhos no conceito

Para quem tem filhos, é extremamente importante educá-los desde o início a respeitar o seu espaço de trabalho e os momentos mais importantes, por exemplo, quando você está em uma videoconferência.

Para entender a necessidade de concentração durante o período de trabalho, é preciso explicar com calma que o pai, a mãe ou ambos precisam trabalhar sem muito barulho para poder conversar com outras pessoas e ganhar dinheiro para que eles podem comprar coisas para casa.

Uma forma de integrá-los e, ao mesmo tempo, brincar com eles, fazer com que entendam um pouco como é trabalhar em casa, é simular um encontro com eles. Dê-lhes pequenas tarefas para se sentirem úteis e ocupados, como guardar canetas, guardar folhas num dossiê, colocar etiquetas em livros, etc.

8. Luz

Este também é um ponto muito importante. Sempre que possível, você deve optar por ter bastante luz natural no local onde está trabalhando. Naturalmente, para reduzir o cansaço visual, você deve evitar o excesso de luz brilhando na tela do monitor, mas a luz natural é muito importante.

9. Desvie o olhar

Esse também é um aspecto importante para evitar o cansaço visual (minha esposa, se você ler, ficará orgulhosa por eu estar usando este termo, ela trabalha na área). Sempre que possível, tente olhar a cada 20/30 minutos por cerca de 10 segundos de distância. Mas desviar o olhar não significa desviar o olhar do pacote de cookies que está ao lado da tela e um pouco para não ficar muito tentado a ir até lá, mas perto o suficiente para estender a mão e estender a mão. Desviar o olhar é preferencialmente na rua.

Quem mora no campo costuma ter facilidade, desde que tenha uma janela para a rua perto de onde trabalha. Para quem está em apartamento pode ser mais complicado, mas independentemente do caso, é até uma boa oportunidade para, se não tiver janela no local de trabalho, se levantar e aproveitar para se alongar um pouco. Portanto, reúna duas dicas importantes.

10. Ter meios e equipamentos minimamente adequados

Este é um aspecto importante sobretudo para quem trabalha com necessidades tecnológicas específicas.

Por exemplo, alguém que trabalha com a Internet, que precisa transferir grandes quantidades de dados ou fazer várias chamadas de vídeo, precisa de um acesso um pouco melhor à Internet. Alguém que trabalha com edição de vídeo ou imagem geralmente precisa de um computador mais potente.

Porém quem trabalha principalmente com arquivos Word e Excel localmente no computador, não tem muita necessidade de fazer muito mais ou de navegar na internet, esses requisitos acabam não sendo tão relevantes.

Em todo caso, possuir equipamentos minimamente decentes oferece menos frustração durante o período de trabalho e maior agilidade para quem pode aproveitar. E essas são as 10 dicas da equipe MAIDOT para trabalhar em casa.

Você já sabe, neste período da pandemia de COVID-19, # fique em casa e fique protegido com os devidos cuidados. Cuide-se, pois assim você estará cuidando de todos. Se todos nos esforçarmos, tudo voltará ao normal mais rapidamente.

Obrigado e compartilhe seus métodos connosco nos comentários. 🙂

Categoria: Temas Gerais
Etiquetas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Procura algo semelhante? Fale connosco!

    Nome *

    Email *

    Contacto *

    Quer deixar algumas palavras adicionais? *

    * isto apenas significa que é obrigado a escrever qualquer coisa

    MAIDOT website CSS Reel Award for Winner and Site Of The Day
    MAIDOT website CSS Winner Award for Nominee and Site Of The Day